Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

O Evangelho por Emmanuel. — Volume IV. ©

Comentários ao Evangelho segundo João.

Índice

Esta obra é uma compilação, com exceção dos agradecimentos, da apresentação, do prefácio e da introdução ao Evangelho segundo João feito pelo organizador e dos capítulos com os números realçados, os demais títulos desse índice remetem diretamente para suas obras originais. As passagens bíblicas foram extraídas do Novo Testamento, traduzido por Haroldo Dutra Dias.

Agradecimentos: Saulo Cesar Ribeiro da Silva.

Apresentação: Joanna de Ângelis.

Prefácio: Saulo Cesar Ribeiro da Silva.

Introdução ao Evangelho segundo Marcos: Saulo Cesar Ribeiro da Silva.


Comentários ao Evangelho segundo João.

João 1.1 n |No princípio havia o Verbo […] | 1. A ascendência do Evangelho. | 2. Pergunta 261 do livro O Consolador | 3. Fermento verbal.

João 1.5 | E a luz brilha na treva, e a treva não a reteve. | 4. Sirvamos ao Bem | 5. Pergunta 308 do livro O Consolador.

João 1.14 | E o Verbo se fez carne e tabernaculou entre nós, e contemplamos a sua glória, semelhante à de unigênito junto do Pai, pleno de graça e verdade. | 6. Pergunta 283 do livro O Consolador.

João 1.23 | […] Endireitai o caminho do Senhor, como o disse o profeta Isaías. | 7. Endireitai os caminhos.

João 1.38 | E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, diz-lhes: Que buscais? | 8. Que buscais? I. | 9. Que buscais? II. (Psicografado por Waldo Vieira.)

João 2.5 | Diz a mãe dele aos servidores: Fazei o que ele vos disser. | 10. Palavras de mãe.

João 2.25 | […] pois ele mesmo sabia o que havia no homem. | 11. A exemplo do Cristo.

João 3.3 | Em resposta, Jesus lhe disse: Amém, amém, [Eu] te digo que se alguém não for gerado de novo [ou do alto] não pode ver o Reino de Deus. | 12. Renasce agora | 13. Evolução e aprimoramento | 14. Problema conosco.

João 3.6 | O que foi gerado da carne é carne, que foi gerado do Espírito é Espírito. | 15. Instituto de tratamento.

João 3.7 | Não te maravilhes de que eu lhe tenha dito: É necessário a vós ser gerado de novo [ou do alto]. | 16. Vidas sucessivas | 17. Na esfera do reajuste | 18. Ante o livre arbítrio.

João 3.10 | Em resposta, Jesus lhe disse: Tu és Mestre em Israel e não sabes estas [coisas]? | 19. Orientadores do mundo.

João 3.12 | Se vos falei das [coisas] terrestres e não credes, como me crereis se eu vos falar das celestiais? | 20. Coisas terrestres e celestiais.

João 3.16 | Pois Deus amou de tal modo o mundo que deu seu filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. | 21. Terra - bênção divina. | 22. Ante o poder do amor. | 23. Do lado de Deus.

João 3.29,30 | O que tem a noiva é o noivo. O amigo do noivo, que está presente e o ouve, se alegra profundamente por causa da voz do noivo. Portanto, esta alegria se completou em mim. É necessário ele crescer e eu diminuir. | 24. Na propaganda eficaz. | 25. Pergunta 309 do livro O Consolador.

João 3.34 | Pois aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, já que Deus não dá o espírito com limitação. | 26. Cresçamos para o bem.

João 4.34 | Jesus lhes diz: A minha comida é: Que [Eu] faça a vontade daquele que me enviou e complete sua obra. | 27. Afirmação e ação.

João 4.35 | […] Eis que [Eu] vos digo: Levantai os vossos olhos e contemplai os campos que já estão brancos para a colheita. | 28. Levantai os olhos.

João 5.8 | Disse-lhe Jesus: Levanta-te, toma o teu catre e anda. | 29. O sublime convite. | 30. Evangelho e simpatia.

João 5.14 | Depois dessas [coisas], encontrando-o no Templo, Jesus lhe disse: Eis que te tornaste são, não [mais] peques para que não te suceda algo pior. | 31. Lembrança fraternal aos enfermos.

João 5.17 | Ele, porém, lhes respondeu: O meu Pai trabalha até agora, eu também trabalho. | 32. Trabalho | 33. Burilamento | 34. Na hora da fadiga | 35. Trabalho, solidariedade, tolerância. (O título da mensagem original é Tolerância.) | 36. Nossa casa.

João 5.29 | E sairão: Os que fizeram [coisas] boas para a ressurreição da vida e os que praticaram [coisas] malévolas para a ressurreição do juízo. | 37. Lei de retorno.

João 5.30 | Eu não posso fazer nada por mim mesmo […] | 38. Tudo em Deus.

João 5.40 | Mas não quereis vir a mim para terdes vida. | 39. Afirmação esclarecedora.

João 6.10 | Disse Jesus: Fazei recostarem-se os homens […] | 40. Tende calma.

João 6.12 | E, como estavam fartos, diz aos seus discípulos: Recolhei os pedaços [de pães] que sobraram, para que nada se perca. | 41. Lei do uso.

João 6.26 | Em resposta a eles, disse Jesus: Amém, amém, vos digo: buscais a mim não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos saciastes. | 42. Sinais do Céu.

João 6.30 | Então disseram-lhe: Que sinal, pois, fazes tu para que vejamos e creiamos em ti? […] | 43. Demonstrações do Céu.

João 6.32 | […] Moisés não vos deu o pão do céu, mas meu Pai vos dá o verdadeiro pão do Céu. | 44. O pão divino.

João 6.48 | Eu sou o pão da vida. | 45. Pão.

João 6.60 | […] Dura é esta palavra; quem pode ouvi-la? | 46. Lição viva.

João 6.63 | […] As palavras que eu vos disse são espírito e vida. | 47. Ante a palavra do Cristo.

João 6.68 | Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, a quem iremos? Tens palavras de vida eterna. | 48. Palavras da Vida Eterna. | 49. Ninguém se retira.

João 6.70 | Respondeu-lhes Jesus: Não vos escolhi, os doze? Contudo, um de vós é o diabo. | 50. O diabo.

João 7.6 | Então Jesus lhes diz: O meu tempo ainda não chegou, mas o vosso está sempre pronto. | 51. Oportunidade.

João 7.20 | Respondeu a turba: Tens daimon. Quem procura te matar? | 52. Opiniões convencionais.

João 8.4 | Dizem a ele: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante, adulterando. | 53. E o adúltero?

João 8.5 | Na Lei, nos ordenou Moisés serem apedrejadas tais [mulheres]. Portanto, que dizes tu? | 54. Consultas.

João 8.7 | Mas como continuavam a interrogá-lo, desencurvou-se e lhes disse: Quem dentre vós estiver sem pecado atire sobre ela a primeira pedra. | 55. Pena de morte. | 56. Pergunta 63 do livro O Consolador. | 57. Pergunta 64 do livro O Consolador. | 58. Lesões afetivas.

João 8.8 | E inclinando-se novamente, escrevia na terra. | 59. Como falas? Como escreves?

João 8.11 | […] Vai, e a partir de agora não peques mais. | 60. Preserva a ti próprio.

João 8.12 | Então novamente Jesus lhes falou, dizendo: Eu sou a Luz do mundo; quem me segue não anda em treva, mas terá a luz da vida. | 61. Sigamo-lo. | 62. Quem segue. | 63. União em Jesus. | 64. Conduta espírita. | 65. Na lei do auxílio. | 66. Benfeitores desencarnados | 67. Seguirás a luz. | 68. Sigamos com Jesus.

João 8.32 | E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará. | 69. Ante a luz da Verdade. | 70. Na luz da verdade. | 71. Ante os incrédulos. | 72. Diante da fé. | 73. O caminho da paz. | 74. Livres, mas responsáveis. | 75. Nos círculos da fé. | 76. Crenças. | 77. Renovação. | 78.Inimigos outros. | 79. Doutos e simples.

João 8.35 | O escravo não permanece para sempre na casa, o filho permanece para sempre. | 80. Filhos e servos.

João 8.38 | […] Vós, no entanto, fazeis as [coisas] que ouvistes do vosso pai. | 81. Educação no lar.

João 8.43 | Por qual razão não entendeis a minha fala? Porque não podeis ouvir a minha palavra. | 82. Diante do Senhor.

João 8.45 | Eu, porém, digo a verdade e não credes em mim. | 83. Verdades e fantasias.

João 8.46 | […] Se digo a verdade, por qual razão vós não credes em mim? | 84. Verdade e crença. (Psicografada por Waldo Vieira.)

João 8.58 | Disse-lhes Jesus: Amém, amém vos digo: antes [dele] se tornar Abraão, eu sou. | 85. Hegemonia de Jesus.

João 9.4 | É necessário realizarmos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia […] | 86. Trabalho e tempo. | 87. Enquanto é dia.

João 9.25 | […] Uma [coisa] sei: era cego e agora estou vendo. | 88. Vê e segue.

João 9.27 | Respondeu-lhes: [Eu] já vos disse e não ouvistes. Que quereis ouvir novamente? | 89. Seria inútil.

João 10.7 | Então Jesus novamente disse: Amém, amém vos digo: Eu sou a porta das ovelhas. | 90. Ante o Cristo Libertador. | 91. A porta.

João 10.9 | Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo […] | 92. A porta divina.

João 10.10 | […] Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância. | 93. Posses definitivas. | 94. Existimos.

João 10.14 | Eu sou o bom pastor e conheço as minhas [ovelhas], e as minhas [ovelhas] me conhecem. | 95. Que ovelha somos? (Psicografada por Waldo Vieira.)

João 10.16 | Tenho também outras ovelhas que não são deste aprisco; é preciso que eu conduza também a elas; ouvirão a minha voz e haverá um [só] rebanho e um [só] pastor. | 96. Unificação.

João 10.25 | […] As obras que eu realizo em nome do meu Pai testemunham estas [coisas] a meu respeito. | 97. Pensa um pouco. | 98. Marcos indeléveis. (Psicografada por Waldo Vieira.)

João 10.30 | Eu e o Pai somos um. | 99. Pergunta 288 do livro O Consolador. | 100. Fé e caridade. | 101. Unificação do Espiritismo. | 102. Comungar com Deus.

João 10.34 | Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito em vossa Lei: Eu disse: sois deuses? | 103. Pergunta 302 do livro O Consolador.

João 11.9 | Respondeu Jesus: Não são doze as horas do dia? Se alguém anda durante o dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo. | 104. Não tropecemos.

João 11.23 | Jesus lhe diz: Teu irmão se levantará. | 105. Ressuscitará.

João 11.43 | Ao dizer essas [coisas], gritou em alta voz: Lázaro, vem para fora. | 106. Pergunta 317 do livro O Consolador.

João 11.44 | O que estivera morto saiu [com] os pés amarrados, as mãos enfaixadas e seu rosto envolto em um sudário. Jesus lhes diz: Soltai-o e deixai-o ir. | 107. Como Lázaro. | 108. Libertemos.

João 12.10 | Mas os sumos sacerdotes deliberaram matar também a Lázaro. | 109. Também tu.

João 12.11 | Porque muitos dentre os judeus estavam partindo e crendo em Jesus. | 110. Não te esqueças.

João 12.26 | Se alguém me serve, siga-me […] | 111. Conforto.

João 12.27 | […] Pai, salva-me desta hora? Mas, para isso, vim a esta hora. | 112. Crises.

João 12.35 | Disse-lhes Jesus: Por pouco tempo ainda a luz está entre vós. Andai enquanto tendes a luz, para que a treva não vos retenha; quem anda na treva não sabe para onde vai. | 113. Tempo de hoje. | 114. Valei-vos da luz. | 115. Diante do amanhã. | 116. Corrijamos agora.

João 12.40 | Cegou os olhos deles e endureceu o coração deles, para que não vejam com os olhos, nem compreendam com o coração e se voltem, e [eu] os cure. | 117. Por amor.

João 12.43 | Pois amaram mais a glória dos homens do que a glória de Deus. | 118. Recapitulações.

João 13.4 | Levanta-se da ceia, depõe a veste e, tomando um pano [de linho], cingiu-se. | 119. Pergunta 315 do livro O Consolador.

João 13.5 | Então, jogando água na bacia, começou a lavar os pés aos discípulos e enxugá-los com o pano com o qual estava cingido. | 120. Pergunta 314 do livro O Consolador. | 121. Pés e paz.

João 13.8 | Pedro lhe diz: Jamais lavarás os meus pés, por todo sempre. Respondeu-lhe Jesus: Se [Eu] não te lavar, não tens parte comigo. | 122. Bases.

João 13.17 | Se sabeis essas [coisas], bem-aventurados sois se as fizerdes. | 123. Saber e fazer.

João 13.34 | Um novo mandamento vos dou: “Que vos ameis uns aos outros”; assim como vos amei, que também vos ameis uns aos outros. | 124. O novo mandamento. | 125. Anotemos (O título da mensagem original é Anotemos na vida) | 126.Caridade e convivência | 127. Na senda renovadora. | 128. Ante a indulgência divina. | 129. As sentinelas da luz do santuário. | 130. Amor. | 131. Apelo fraternal. | 132. Tarefa mediúnica. | 133 Mais amor.

João 13.35 | Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros. | 134. Fraternidade. | 135. Diferenças. | 136. Aliança espírita.

João 14.1 | Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. | 137. Coração puro. | 138. Perante o mundo. | 139 Irmãos inconformados.

João 14.2 | Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se [não fosse assim], não teria dito que vou preparar um lugar para vós. | 140. Tenhamos fé. | 141. No Reino em construção. | 142. Domicílios espirituais. | 143. Moradias de Luz.

João 14.6 | Jesus lhe diz: Eu sou o Caminho, e a Verdade, e a Vida […] | 144. A verdade. | 145. O caminho I. | 146. Mensagens. | 147. Mensagem de Emmanuel. (O título da mensagem original é No Cristianismo renascente.)

João 14.10 | […] Mas o Pai, que permanece em mim, realiza as suas obras. | 148. Espera por Deus.

João 14.15 | Se me amardes, observareis os meus mandamentos. | 149. No convívio do Cristo. | 150. Espiritismo e nós.

João 14.16 | E eu rogarei ao Pai, e [Ele] vos dará outro Paracleto, a fim de que esteja convosco para sempre. | 151. Na difusão do Espiritismo.

João 14.21 | Quem possui os meus mandamentos e os observa, esse é quem me ama. Quem me ama, será amado por meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele. | 152. Diante da vida social.

João 14.22 | Judas, não o Iscariotes, lhe diz: Senhor, o que sucede para que estejas prestes a te manifestar a nós, e não ao mundo? | 153. Basta pouco.

João 14.26 | Mas o Paracleto, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará todas [as coisas] e vos lembrará todas [as coisas] que vos disse. | 154. Espíritas, instruí-vos!

João 14.27 | Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou. Eu não vos dou como o mundo [a] dá. Não se perturbe o vosso coração, nem se atemorize. | 155. Na tarefa da paz. | 156. Jesus e paz. | 157. Paz do mundo e paz do Cristo. | 158. Evangelho e paz. | 159. Rogando paz. | 160. Prece do Natal. | 161. Jesus e dificuldade.

João 14.31 | Levantai-vos! Saiamos daqui. | 162. Levantemo-nos.

João 15.1 | Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. | 163. A videira.

João 15.4 | Permanecei em mim, e eu [permanecerei] em vós. Assim como o ramo não pode produzir fruto de si mesmo, se não permanece na videira, assim [também] nenhum de vós, se não permanecerdes em mim. | 164. Produzimos.

João 15.5 | Eu sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em mim, e eu nele, esse produz muito fruto, porque sem mim não podeis produzir nada. | 165. As varas da videira. | 166. Saibamos cooperar.

João 15.7 | Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos acontecerá. | 167. Êxito. | 168. Grupo em crise. | 169. Sigamos até lá.

João 15.8 | Nisto foi glorificado meu Pai, para que estejais produzindo muito fruto e vos torneis meus discípulos. | 170. Somente assim. | 171. Na exaltação do Reino Divino.

João 15.10 | Se observardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor […]. | 172. Escolhas.

João 15.12 | Este é o meu mandamento: que ameis uns aos outros como [Eu] vos amei. | 173. Força | 174. Sejamos irmãos.

João 15.13 | Ninguém tem maior amor do que este: ter alguém entregado sua vida por amor. | 175. Jesus e os amigos.

João 15.14 | Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos ordeno. | 176. Diante do Mestre. | 177. Amigos de Jesus.

João 15.15 | Não mais vos chamo de servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. [Eu] vos tenho chamado de amigos, porque todas [as coisas] que ouvi junto de meu Pai vos dei a conhecer. | 178. Amizade. | 179. Amigos.

João 15.17 | Essas [coisas] ordeno a vós: que vos ameis uns aos outros. | 180. Na experiência diária.

João 16.1 | Tenho vos dito essas [coisas] para que não vos escandalizeis. | 181. Ouvistes?

João 16.3 | E farão essas [coisas] porque não conhecem o Pai nem a mim. | 182. É porque ignoram.

João 16.4 | Mas vos tenho falado essas [coisas] a fim de que, quando vier a hora delas, vos lembreis de que eu vos disse [a respeito] delas. | 183. O quadro-negro.

João 16.7 | Ma eu vos digo a verdade: é melhor para vós que eu vá […] | 184. Separação.

João 16.13 | Quando, porém, aquele vier — o Espírito de Verdade — vos guiará em toda a Verdade […]. | 185. Ao sol da verdade. (O título da mensagem original é Ao clarão da Verdade.) | 186. O caminho II. | 187. Saudando Allan Kardec.

João 16.20 | […] Mas a vossa tristeza se tornará alegria. | 188. Alegria cristã.

João 16.24 | Até agora, não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis a fim de que a vossa alegria seja completa. | 189. Como pedes? | 190. Auxílio e nós.

João 16.27 | Pois o próprio Pai vos ama […] | 191. É o mesmo.

João 16.32 | […] Mas não estou sozinho, porque o Pai está comigo. | 192. Domínio espiritual.

João 16.33 | Tenho vos falado essas [coisas] para que tenhais paz em mim. No mundo tereis provações, mas animai-vos, eu venci o mundo. | 193. Na vitória real. | 194. Ser espírita. | 195. Tranquilidade. | 196. Véspera da alegria. | 197. Ora e serve. | 198. Atribulações.

João 17.14 | Eu lhes tenho dado a tua palavra, mas o mundo os odiou porque não são do mundo, como eu também não sou do mundo. | 199. No quadro real.

João 17.15 | Não rogo que os tires do mundo, mas que os guardes do mal. | 200. O mundo e o mal | 201. Dentro da luta. | 202. Em serviço do mundo.

João 17.16 | [Eles] não são do mundo, como eu também não sou do mundo. | 203. O servo do Senhor.

João 17.17 | Santifica-os na verdade. […] | 204. É a santificação.

João 17.18 | Assim como me enviaste ao mundo, eu também os enviei ao mundo. | 205. Médiuns de toda parte. | 206.Crê e segue. | 207. Mediunidade e nós.

João 17.22 | […] Para que sejam um, como [nós] somos um. | 208 Em nome do Evangelho.

João 17.24 | Pai, quero que onde eu estou, lá estejam comigo os que me deste […]. | 209. Conjunto.

João 18.11 | […] Lança a espada na bainha. | 210. Embainha tua espada.

João 18.34 | Respondeu Jesus: Tu dizes isso de ti mesmo ou outros te disseram [isso] a respeito de mim? | 211. Testemunho.

João 18.36 | Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus servidores teriam combatido para que [Eu] não fosse entregue aos judeus. Agora, porém, o meu reino não é daqui. | 212. Na construção do futuro. | 213. O grande futuro. | 214. No reino do coração.

João 19.5 | […] Eis o homem. | 215. Humanidade Real.

João 20.1 | E no primeiro [da] da semana, Maria Madalena veio cedo, estando ainda escuro, para o sepulcro, e vê a pedra removida do sepulcro. | 216. De madrugada.

João 20.16 | Jesus lhe diz: Maria! Voltando-se, ela lhe diz em hebraico “Rabbuni”, que se diz “Mestre”. | 217. Madalena.

João 20.19 | Então, sendo tarde naquele primeiro dia da semana, e estando fechada a porta do lugar onde os discípulos estavam, por medo dos judeus, veio Jesus, pôs de pé no meio deles e lhes diz: Paz convosco! | 218.Reuniões cristãs. | 219. Estejamos em paz.

João 20.20 | […] Mostrou-lhes as mãos […] | 220. Reparemos nossas mãos.

João 20.21 | Disse-lhes novamente: Paz convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio. | 221. Paz. | 222. Ideia espírita. | 223. Assim como. | 224. Palavras de esperança.

João 20.22 | Ao dizer isto, soprou [neles] e lhes diz: Recebei o Espírito Santo. | 225. Abre a porta.

João 20.24 | Tomé, chamado Dídimo, um dos doze, não estava com eles quando veio Jesus. | 226. Ausentes.

João 21.6 | Ele lhes disse: Lançai a rede para a parte direita do barco, e encontrareis. […] | 227. Caminhos retos.

João 21.17 | [Jesus] diz a ele pela terceira vez: Simão, [filho de] João, [tu] me amas? Pedro entristeceu-se por lhe ter dito pela terceira vez “Tu amas-me?”, e lhe diz: Senhor, tu sabes todas [as coisas], tu sabes que te amo. [Jesus] lhe diz: Alimenta as minhas ovelhas. | 228. Amas o bastante? | 229. Apascenta. | 230. No pão espiritual.

João 21.22 | Jesus lhe diz: Se quero que ele permaneça até que [Eu] venha, que te importa? Segue-me tu. | 231. Segue-me tu. | 232. Inesquecível advertência.


Tabela de correspondência de versículos: (Vide: Harmonia dos Evangelhos.) | Relação dos comentários por ordem alfabética: (Vide: Índice geral das lições do Testamento Xavieriano.) | Índice geral por temas: (Vide: Índice Temático.) | Consulte também as várias seções dos Estudos Espíritas.



[1] Os sinais de dois pontos (:) que separam os capítulos dos versículos nas citações bíblicas deste livro impresso, aqui foram substituídos pelo ponto simples (.) em favor dos aplicativos de leitura digital em voz alta, que interpretam, por padrão, o duplo ponto entre números como citação de hora e minuto. (Nota do compilador.)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais..

.

Abrir