Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier, o referencial — Autores diversos


2


Quatro amigos falam sobre o materialismo

(Joaquim Alves — João Dutra — Antônio Faria — Mário Serra)

1 Opinião de Joaquim Alves:

Não sou da Religião

Sou sempre materialista,

Vejo o mundo, tal qual é:

Desastres e aberrações;

Quase perdi a cabeça

Sobre os problemas da fé.


2 Opinião de João Dutra:

Minha mãe rezava muito,

Um dia caiu doente,

Ao morrer, quase de repente,

Prometeu vir renovada…

Vinte anos são passados,

E até hoje é cinza e nada.


3 Opinião de Antônio Faria:

Espíritas me convidam

Para o grupo que me agrada,

Mas não creio em outra vida

E nem na mediunidade

Juro e dinheiro no banco

São minha felicidade.


4 Opinião de Mario Serra:

Cornélio, você me pede

Auxílio à beneficência,

Não posso, tenho a fazenda

E trabalhar com vontade.

Não se interesse no assunto

Servimos nós, em conjunto.

Não gastes. Dinheiro é o sangue,

Que apoia a comunidade.

Fico feliz na fazenda,

Não te ponhas a gastar

A caridade é uma loucura

Que o tempo vai apagar.




5 Após muito tempo, chegou a minha vez de partir na Grande Viagem.

Em me refazendo recordei muitos amigos e fiz o possível para revê-los.

Depois de algum tempo, reencontrei os quatro amigos para um abraço.

Estavam os quatro conversando numa casa escura, todos eles bastante desapontados.

6 Joaquim foi o primeiro a me avistar e gritou:

— Eh!… Cornélio, você também já veio!

E adiantou-se, talvez pensando que eu lhes diria algo.

7 Em minha grande surpresa, resumiu o que nós todos queríamos dizer e bradou:

— Cornélio estamos vivos, e agora…

Rindo, embora, sempre me aguento e falei em voz alta igualmente!

— Agora, Joaquim, agora é nascer de novo!…


Cornélio Pires



Mensagem recebida no Grupo Espírita da Prece em 31/01/1998


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir