Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier. — Mandato de amor. — Autores diversos. ©


Índice

CHICO XAVIER. — Que ternura a sair-lhe do lume da alma e dos olhos!… Candura enorme a fazer jus ao seu nome!…

Agradecimentos dos Editores.

Preâmbulo: Emmanuel.

Saudação de Emmanuel: Um caso de xenoglossia invertida.

Apresentação: Geraldo Lemos Neto, Maria Philomena Aluotto Berutto, José Martins Peralva Sobrinho.


PRIMEIRA PARTE. — RELATOS EM TORNO DE CHICO XAVIER.

Preâmbulo. — Parte I: Chico/Emmanuel.


1. Em torno de Chico Xavier. — Jogral elaborado por Carlos Alves Neto. | 2. Arnaldo Rocha. | 3. José Martins Peralva Sobrinho. | 4. Geraldo Lemos Neto. | 5. Outros relatos em torno de Chico Xavier. | 6. Depoimentos sobre Chico Xavier.


SEGUNDA PARTE. — A DOUTRINA EM VERSOS.

Preâmbulo. — Parte II: Chico/Emmanuel.


1. Educai a criança. — Guerra Junqueiro. | 2. Amor e humildade. — Raul Leoni. | 3. Os mortos verdadeiros. — João de Deus. (O título da mensagem original é Mortos.) | 4. No banquete da fraternidade. — Guerra Junqueiro. | 5. Soneto. — Augusto dos Anjos. | 6. A Allan Kardec. — José Tosta. | 7. Fé e fanatismo. — Belmiro Braga. | 8. Versos. — Augusto dos Anjos. (O título da mensagem original é Vendo o Homem.) | 9. Cifrão. — Belmiro Braga. | 10. Século XX. — Honório Armond. | 11. Aos espíritas. — Casimiro Cunha. | 12. No banquete fraterno. — Guerra Junqueiro. | 13. Caridade. — Casimiro Cunha. | 14. Companheiros da Doutrina. — Casimiro Cunha. (O título da mensagem original é Aos companheiros da Doutrina.) | 15. Bilhete aos estudiosos. — Casimiro Cunha. | 16. Soneto. — Olavo Bilac. | 17. Prece. — F. L. Bittencourt Sampaio. | 18. Versos. — Alphonsus de Guimarães. | 19. Lembrança. — Abílio Machado. | 20. “Na atualidade”. — Augusto dos Anjos. | 21. Vida. — Auta de Souza. (O título da mensagem original é Vinde!) | 22. Através dos séculos. — Augusto dos Anjos. | 23. Nossos irmãos, os mortos: Alfredo Nora. — Relatos de Jorge Azevedo e três sonetos de Alfredo Nora. | 24. Ao companheiro do Espiritismo Cristão. — Cruz e Souza. | 25. Ave, Cristo! — Amaral Ornellas. | 26. Escola. — Olavo Bilac. | 27. Kardec no século XIX. — Amaral Ornellas. | Bondade. — Meimei. | 28. Século XX. — Amaral Ornellas. | 29. Em Campos: Azevedo Cruz esteve presente. — Reportagem: Saudade de Campos. — Azevedo Cruz. | 30. Oração de paz. — Emmanuel. | 31. Chamo-me Caridade. — Auta de Souza. | 32. Brasil da paz. — Castro Alves. | 33. Milênio segundo. — Castro Alves. | 34. Vida e triunfo. — Maria Dolores. | 35. Oração do Natal. — Maria Dolores. | 36. Caminho adiante. — Auta de Souza. (O título da mensagem original é Mais além.) | 37. Carta a minha mãe. — Auta de Souza. | 38. Saudade. — Luiz de Oliveira. | 39. Nunca esmoreças. — Maria Dolores. | 40. Esquecer e perdoar — Maria Dolores. (O título da mensagem original é Verbo de luz.) | 41. Século XX. — Castro Alves.


TERCEIRA PARTE. — MENSAGEIROS DA ESPIRITUALIDADE MAIOR.

Preâmbulo. — Parte III: Chico/Emmanuel.

Introdução: “Eu vi o Chico receber a primeira mensagem!” — Antônio Barbosa Chaves.


1. Mensagem ao Prof. Levino Albano Conceição. (Exímio violinista, cego desde os sete anos de idade.) — Emmanuel. | 2. Mensagem ao Dr. Davidson Pimenta da Rocha. (Confirmada, depois de 35 anos, mensagem mediúnica de Chico Xavier.) — Emmanuel. | 3. Solidariedade. — Meimei. (O título da mensagem original é No caminho.) | 4. De que o Espiritismo precisa. — André Luiz. | 5. Educação. — Emmanuel. | 6. Prece. — Emmanuel. | 7. Ante o livro espírita. — André Luiz. | 8. Minha mãe. — Azevedo Cruz. | 9. Falando a Jesus no Natal. (A mensagem de Natal do ano de 1990.) — Maria Dolores. | 10. Regressão da memória. — Emmanuel. | 11. Mensagens psicografadas há 53 anos. | Espíritas, unamo-nos!… — Emmanuel. | Luz, amor e caridade. — João de Deus.


QUARTA PARTE. — SUAS PALAVRAS AO LONGO DO TEMPO.

Introdução: Um trabalho de amor. (Homenagem a Vivaldo da Cunha Borges.) — Geraldo Lemos Neto.


1. Uma entrevista com o outro mundo. — Isaltino da Silveira Filho. | 2. Entrevista do médium Chico Xavier [sobre detalhes de sua vida pessoal]. | 3. Evangelização da criança. — Entrevista com Francisco C. Xavier/Bezerra de Menezes. | 4. D. Carmem Pena Perácio fala sobre o Chico (“O Espírita Mineiro” entrevistou em 1967 a Sra. Carmem Pena Perácio, veneranda senhora que orientou os primeiros contatos de Chico Xavier com o serviço mediúnico.) | 5. A palavra do médium. Quarenta anos de mediunidade 1967. | 6. Autenticidade mediúnica de Chico Xavier. | 7. A mensagem do homenageado. (Discurso de agradecimento do médium Francisco Cândido Xavier, quando do recebimento do título de cidadão honorário de Belo Horizonte.) | 8. Agradecendo à comunidade espírita brasileira. | 9. União Espírita Mineira pergunta, Francisco Cândido Xavier responde. | 10. Chico Xavier explica sua doença e como convive com ela. | 11. Um encontro fraterno e uma mensagem aos espíritas brasileiros. | 12. Manoel Justiniano Quintão, um amigo. | 13. Chico Xavier e o Ano Internacional da Criança. | 14. Entrevista ao jornal Estado de Minas”. — “O mal jamais vencerá o bem”. | 15. Na tarefa mediúnica. (O compromisso de Chico Xavier na recepção dos livros doutrinários.) | 16. As opiniões corajosas de Chico Xavier (com respeito a ser submetido a operações cirúrgicas por médiuns curadores). | 17. Chico Xavier em entrevista exclusiva (ao jornal “A Folha Espírita”). | 18. A Folha Espírita entrevista Chico Xavier (sobre sua saúde). | 19. Questões a que a Espiritualidade responde: (Da desobsessão; dos médiuns; do assédio de entidades infelizes; das deformidades congênitas nos animais; do aspecto mais importante da Doutrina.)


Conclusão: O servidor incansável. — Geraldo Lemos Neto.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir