Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier, dos hippies aos problemas do mundo — Entrevistas — Emmanuel


25


Homossexualidade

1. — ALMIR — Dr. Ernani Guimarães Andrade  com a pergunta seguinte:

DR. ERNANI — Chico, nós sabemos atualmente pelos estudos que se fazem no tocante à reencarnação, estudos esses levados a efeito por cientistas de grande gabarito como o professor  Ian Stevenson, que é professor de psiquiatria e  neurologia da Universidade de Virginia, nos Estados Unidos. Nós sabemos hoje, com base em observação experimental, que o Espírito pode de uma  encarnação para outra, mudar de sexo e poderíamos até dar um nome a esse fenômeno de transexualidade. Eu pergunto a você: haveria alguma  relação entre homossexualismo e transexualidade  no sentido reencarnatório?

CHICO XAVIER — Na maioria dos casos sim,  conquanto o serralho, na antiguidade, n e as guerras de longo curso tenham estimulado determinado tipo de costumes menos construtivos, más não devemos desconsiderar, de maneira nenhuma, a maioria de nossos irmãos que vieram e que estão na terra em condições inversivas do ponto-de-vista de sexo, realizando tarefas muito edificantes em caminho da redenção de seus próprios valores íntimos. Consideramos isso com muito respeito e acreditamos que a legislação do futuro em suas novas faixas de entendimento humano saberá criar dentro da família, sem abalar as bases da família, a legislação humana saberá incorporar à família humana todos os filhos da humanidade, todos os filhos da terra, sem que a frustração afetiva venha a continuar sendo um flagelo para milhões de pessoas. Num congresso de neurologia, realizado há muito pouco tempo, se deu especial destaque ao problema da fome. E verdade que o problema da fome é removível com a redistribuição do trabalho, com a administração criteriosa do trabalho para a criatura humana em todas as idades de sua posição válida no plano físico. Mas a frustração afetiva é um tipo de fome capaz de superlotar os nossos sanatórios e engendrar os mais obscuros processos de obsessão e por isso mesmo, devemos ter esperança de que todos os filhos de Deus na Terra, serão amparados por leis magnânimas com base na família humana para que o caráter impere acima dos sinais morfológicos e haja compreensão humana bastante para que os problemas afetivos sejam resolvidos com o máximo respeito às nossas leis e sem abalar de um milímetro o monumento da família que é base do Estado.



[1] Serralho: Palácio do sultão, dos príncipes ou dos dignitários do Estado turco maometano. Parte desse palácio habitada pelas mulheres dessas personagens; harém. Mulheres que habitam o harém. Fig. Prostíbulo (Fonte: Dicionário Aurélio.)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir