Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Assembleia de Luz — Autores diversos


31

Criança nosso amor

1 Ei-la! Alvorada nascente

Em meio do céu escuro,

Anunciando o futuro,

Entre nuvens, ao surgir!…

É a criança que aparece

Por lírio na tempestade

— Deus buscando a humanidade,

Na construção do porvir.


  2 Aspiração torturada

  Nas urzes do sofrimento,

  Flor lançada à noite e ao vento,

  Ternura em tempo de dor…

  Uma criança que chora,

  Sozinha e desprotegida,

  Com toda a força da vida

  É o mundo pedindo amor.


3 Coração ao desamparo,

Na mágoa em que se consome,

Ave sem ninho e sem nome

É um anjo em penúria atroz;

Um anjo que roga apenas

Proteção em que se guarde,

Para que possa, mais tarde,

Amar e servir por nós.


  4 Companheiros da Bondade,

  Ante essa flor que mendiga

  Carinho de voz amiga,

  Entendei e auxiliai!

  Tendes em cada criança

  Que em vosso apoio se arrime

  Uma esperança sublime

  Nascida de Nosso Pai.


5 Bendita a mão que levanta

O socorro, o lar, a escola;

Que afaga, serve e consola

Os filhos da provação;

Quem abraça os pequeninos,

No amparo que lhes descerra,

Está lavrando na Terra

O campo da redenção.

Irene de Souza Pinto



(Lembrança aos “Tios” da Creche do Centro Espírita Perseverança, em São Paulo, Capital.)


.

Abrir