Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Êxodo    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 23

(Versículos e sumário)

23 Não admitirás palavra de falsidade, nem te ajustarás para a favor do ímpio dizeres um falso testemunho.

2 Não seguirás a multidão para fazeres o mal, nem em juízo te deixarás arrastar do sentimento do maior número, para te desviares da verdade.

3 Não terás também compaixão do pobre nos teus juízos.

4 Se encontrares o boi do teu inimigo ou o seu jumento desgarrados, levá-los.

5 Se vires o jumento daquele, que te tem ódio, caído debaixo da carga, não passarás adiante, mas ajudá-lo-ás a levantá-lo.

6 Não te desviarás da justiça, para condenar o pobre.

7 Fugirás à mentira. Não matarás o inocente nem o justo, porque eu aborreço o ímpio.

8 Não aceitarás donativos, porque eles fazem cegar ainda os prudentes, e pervertem as palavras dos justos.

9 Não serás molesto ao estrangeiro, porque vós sabeis, que almas são as dos estrangeiros; pois que também vós o fostes na terra do Egito.

10 Seis anos semearás a tua terra, e recolherás seus frutos;

11 mas no sétimo ano não a cultivarás; deixá-la-ás descansar, para que os pobres do teu povo achem que comer e o que restar seja para as alimárias do campo. Isto mesmo praticarás tu com a tua vinha e com o teu olivedo.

12 Trabalharás seis dias e ao sétimo dia descansarás, para que descanse o teu boi e o teu jumento, e para que o filho da tua escrava e o estrangeiro se refrigere.

13 Guardai tudo o que vos tenho dito. Não jurareis pelo nome de deuses estrangeiros, nem o nome deles se ouça da vossa boca.

14 Celebrar-me-eis festas três vezes cada ano.

15 Guardarás a solenidade dos pães asmos. Comerás, como eu te mandei, pães asmos sete dias, no mês dos trigos novos, que foi o tempo em que tu saíste do Egito. Não aparecerás em minha presença com as mãos vazias.

16 Celebrarás também a solenidade da ceifa e das primícias do teu trabalho, de tudo o que tiveres semeado no campo; e assim mesmo a solenidade no fim do ano, quando tiveres recolhido todos os teus frutos do campo.

17 Três vezes no ano virão todos os teus varões apresentar-se diante do Senhor teu Deus.

18 Não me oferecerás o sangue da minha vítima, enquanto na tua casa houver fermento; nem a gordura do que se me ofereceu na minha solenidade, ficará até amanhã.

19 Trarás à casa do Senhor teu Deus as primícias dos frutos da tua terra. Não cozerás o cabrito no leite de sua mãe.

20 Eis-aí enviarei eu o meu anjo, que vá adiante de ti, e te guarde pelo caminho, e te introduza no lugar, que eu te tenho preparado.

21 Respeita-o, e ouve a sua voz, e vê que não o desprezes, porque te não perdoará quando pecares, e ele fala em meu nome.

22 Se tu ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu te digo, eu serei inimigo dos teus inimigos, e afligirei os que te afligem.

23 O meu anjo caminhará adiante de ti, e ele te introduzirá na terra dos Amorreus; dos Hetheus, dos Ferezeus, dos Cananeus, dos Heveus e dos Jebuseus, os quais eu destruirei.

24 Não adorarás os seus deuses, nem lhes darás culto; não imitarás as suas obras, mas destruí-las-ás, e quebrarás as suas estátuas.

25 Servirás ao Senhor teu Deus, para que eu abençoe o pão que comeres, e a água que beberes, e para que eu afaste do meio de ti todas as enfermidades.

26 Não haverá na tua terra, mulher infecunda nem estéril; eu encherei o número de teus dias.

27 Eu enviarei o meu terror adiante de ti; e exterminarei todo o povo, em cujas terras entrardes; e farei que à tua vista voltem as costas todos os teus inimigos.

28 Enviarei primeiro vespas, que porão em fugida o Heveu, o Cananeu e o Hetheu, antes que tu entres.

29 Não os lançarei fora da tua face durante um ano, para que não fique a terra reduzida a um ermo, é se multipliquem contra ti as feras.

30 Lançá-los-ei fora pouco a pouco de diante de ti, até que tu cresças, e te faças senhor do país.

31 Os limites porém, que te assinarei, serão desde o mar Vermelho até o mar dos palestinos, e desde o deserto até o rio. Eu entregarei nas vossas mãos os habitantes da terra, e os expulsarei da vossa vista.

32 Não farás concerto algum com eles nem com os seus deuses.

33 Não habitem na tua terra, para que te não façam pecar contra mim, servindo aos seus deuses, o que certamente te será de tropeço.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir