Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Cântico dos Cânticos    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 2

(Versículos e sumário)

2 Eu sou a flor do campo, e a açucena dos vales.

2 Bem como é a açucena entre os espinhos; assim é a minha amiga entre as filhas.

3 Bem como é a macieira entre as árvores dos bosques, assim é o meu amado entre os filhos. Eu me assentei debaixo da sombra daquele, a quem tanto tinha desejado; e o seu fruto é doce à minha garganta.

4 Ele me fez entrar na adega, onde põe o seu vinho, ordenou em mim a caridade.

5 Acudi-me com confortativos de flores, trazei-me pomos, que me alentem; parque desfaleço de amor.

6 A sua mão esquerda se pôs já debaixo da minha cabeça, e a sua mão direita me abraçará depois.

7 Eu vos conjuro, filhas de Jerusalém, pelas cabras monteses, e veados do campo, que não perturbeis à minha amada o seu descanso nem a façais despertar, até que ela se queira erguer.

8 Aquela é a voz do meu amado, ei-lo aí vem saltando sobre os montes, atravessando os outeiros.

9 O meu amado é semelhante a uma cabra montês, e a um veadinho. Ei-lo aí está posto por detrás da nossa parede, olhando pelas janelas, estendendo a vista por entre as gelosias.

10 Eis-aí o meu amado, que me diz: Levanta-te, apressa-te, amiga minha; pomba minha, formosa minha, e vem.

11 Porque já passou o inverno, já se foram, e cessaram de todo as chuvas.

12 Apareceram as flores na nossa terra, chegou o tempo da poda; ouviu-se na nossa terra a voz da rola;

13 A figueira começou a dar os seus primeiros figos; as vinhas estando em flor lançaram o seu cheiro. Levanta-te, amiga minha, formosa minha, e vem!

14 Pomba minha, tu nas aberturas da pedra, na caverna do muro cerrado, mostra-me a tua face, soe a tua voz dentro nos meus ouvidos; porque a tua voz é doce, e a tua face graciosa.

15 Apanhai-vos as raposas pequeninas, que destroem as vinhas; porque a nossa vinha está já em flor.

16 O meu amado é para mim, e eu para ele, que se apascenta entre as açucenas,

17 Até que sopre o dia, e declinem as sombras. Volta! Sê semelhante, amado meu, à cabra montês, e ao veadinho, que corre sobre os montes de Beter.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir