Bíblia do Caminho Antigo Testamento

2º Livro das Crônicas    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 36

(Versículos e sumário)

36 Pegou logo o povo da terra em Joaccáz, filho de Josias, e o aclamou rei em Jerusalém em lugar de seu pai.

2 Tinha Joaccáz vinte e três anos, quando começou a reinar, e reinou em Jerusalém três meses.

3 Porque o rei do Egito tendo vindo a Jerusalém o depôs, e condenou a terra à contribuição de cem talentos de prata, e um talento de ouro.

4 E em lugar de Joaccáz constituiu a Eliakim, seu irmão, rei sobre Judá e sobre Jerusalém; e mudou-lhe o nome em Joaquim; e pegou no mesmo Joaccáz, e o levou consigo para o Egito.

5 Joaquim tinha vinte e cinco anos quando começou a reinar, e reinou onze anos em Jerusalém; mas ele fez o mal diante do Senhor seu Deus.

6 Contra este marchou Nabucodonosor, rei dos caldeus, e carregado de cadeias o levou para Babilônia.

7 Transportou também para esta cidade os vasos do Senhor, e os pôs no seu templo.

8 E o resto das ações de Joaquim, e das suas abominações, que ele cometeu, e o que se achou nele, se contém no livro dos reis de Judá e de Israel. Em seu lugar porém reinou seu filho Joaquim.

9 Joaquim tinha oito anos, quando começou a reinar, e reinou três meses e dez dias em Jerusalém, e ele fez o mal na presença do Senhor.

10 E tendo decorrido o espaço de um ano, mandou o rei Nabucodonosor tropas, que o conduziram a Babilônia, levando juntamente os mais preciosos vasos da casa do Senhor. E ele em lugar de Joaquim constituiu rei sobre Judá e sobre Jerusalém a Sedecias seu tio paterno.

11 Sedecias tinha vinte e um anos quando começou a reinar, e reinou onze anos em Jerusalém.

12 E ele fez o mal diante dos olhos do Senhor seu Deus, e não teve respeito à pessoa do profeta Jeremias, que lhe falava da parte do Senhor.

13 Sublevou-se também contra o rei Nabucodonosor, a quem tinha dado juramento de fidelidade em nome de Deus; ele pois endureceu a cerviz e o seu coração, para não voltar para o Senhor Deus de Israel.

14 E até também todos os príncipes dos sacerdotes, e o povo, se entregaram a todas as abominações gentílicas, e profanaram a casa do Senhor, que a tinha santificado para si em Jerusalém.

15 Mas o Senhor Deus de seus pais, lhes dirigia frequentemente a sua palavra por meio dos seus mensageiros, levantando-se de noite, e admoestando-os todos os dias; porque queria perdoar ao seu povo, e à sua casa.

16 Mas eles zombavam dos mensageiros de Deus, e desprezavam as suas palavras, e mofavam dos seus profetas, até que o furor do Senhor se levantou contra o seu povo, e não houve remédio algum.

17 Porque fez vir contra eles o rei dos caldeus, e degolou seus filhos na casa do seu santuário, não tendo piedade nem do moço, nem da donzela, nem do velho, nem do decrépito, mas Deus lhos entregou todos nas suas mãos.

18 Trasladou também para Babilônia todos os vasos da casa do Senhor, assim grandes, como pequenos, e os tesouros do templo, e os do rei, e dos príncipes.

19 Os inimigos queimaram a casa de Deus e arruinaram os muros de Jerusalém, e puseram fogo a todas as torres, e destruíram tudo o que havia de precioso.

20 Se algum tinha escapado da espada, esse levado a Babilônia, foi ser escravo do rei, e de seus filhos, até que teve o império o rei dos persas,

21 E se cumpriu a palavra do Senhor pronunciada por boca de Jeremias,  ( † ) e a terra celebrou os seus sábados; porque durante todo o tempo da sua desolação ela esteve num sábado continuado, até que se completaram setenta anos.

22 Mas no primeiro ano de Ciro, rei dos persas para se cumprirem as palavras que o Senhor tinha dito por boca de Jeremias, tocou o Senhor o coração de Ciro, rei dos persas; o qual mandou publicar por todo o reino, e ainda expedir patentes,  n dizendo:

23 eis aqui o que diz Ciro, rei dos persas: O Senhor Deus do céu pôs nas minhas mãos todos os reinos da terra, e ele me mandou também que lhe fizesse uma casa em Jerusalém, que é na Judeia. Qual dentre vós se acha ser de todo o seu povo? O Senhor seu Deus seja com ele e vá-se.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir