Bíblia do Caminho Antigo Testamento

1º Livro de Samuel    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 18

(Versículos e sumário)

18 Aconteceu pois que acabando David de falar com Saul a alma de Jônathas se conglutinou com a de David, e Jônathas o amou como a si mesmo.

2 E desde este dia Saul o tomou para sua companhia, e não lhe permitiu que tornasse para casa de seu pai.

3 E David e Jônathas fizeram concerto entre si porque Jônathas o amava como a si mesmo.

4 Por isso se despojou Jônathas da túnica, de que estava vestido, e a deu a David com o resto dos seus vestidos até a sua espada e o seu arco, e o seu talabarte.

5 E David ia a tudo a que Saul o mandava, e conduzia-se com prudência; e Saul lhe deu o mando sobre a gente de guerra, e era David muito aceito aos olhos de todo o povo, e mais que tudo para com os oficiais de Saul.

6 Mas quando David voltou, depois de ter morto o Filisteu, saíram as mulheres de todas as cidades de Israel ao encontro do rei Saul, cantando, e dançando, em testemunho de alegria, ao som de tambores, e de sistros.

7 E dançavam as mulheres cantando, e dizendo: Saul matou mil, e David dez mil.

8 Irou-se porém Saul em extremo, e lhe desagradou esta expressão; e disse: Deram dez mil a David, e a mim mil; que lhe falta senão só o reino?

9 Daquele dia pois e em diante não via Saul a David com bons olhos.

10 Ao outro dia, porém, o Espírito maligno mandado por Deus se apoderou de Saul, e profetizava no meio de sua casa; e David tocava a harpa com a sua mão, como todos os dias; e Saul tinha uma lança,

11 E a arrojou, cuidando que poderia traspassar a David com a parede; porém David se desviou, e evitou o golpe por duas vezes.

12 E Saul temeu a David, porque o Senhor era com David, e se tinha retirado dele.

13 Por isso o alongou Saul do pé de sua pessoa, e o fez comandante de mil homens; e ele saía e entrava à frente desta tropa.

14 Conduzia-se também David em todas as suas ações com prudência, e o Senhor era com ele.

15 Viu pois Saul que ele era em extremo prudente, e começou a acautelar-se dele.

16 Mas todo o Israel e Judá amava a David; porque ele entrava e saía diante deles.

17 E disse Saul a David: Aqui tens a Merob minha filha maior, que eu te darei por mulher; contanto que sejas homem valoroso, e combatas nas guerras do Senhor. Saul porém meditava, dizendo: Não seja a minha mão a que o mate, mas sim a dos Filisteus.

18 Respondeu porém David a Saul: Quem sou eu, ou qual é a minha vida, ou a família de meu pai em Israel, para vir a ser genro do rei?

19 Mas tendo chegado o tempo em que Merob, filha de Saul, devia ser dada a David, foi ela dada por mulher a Hadriel Molathita.

20 Micol porém filha segunda de Saul tinha inclinação a David. O que foi contado a Saul, e ele se comprazeu disso.

21 E disse Saul: Dar-lhe-ei esta para que ela lhe sirva de ocasião de ruína, e ele caia nas mãos dos Filisteus. E disse Saul a David: Por dois motivos serás hoje meu genro.

22 E mandou Saul aos seus servos: Falai a David em segredo, dizendo: Eis estás tu no agrado do rei, todos os seus servos te amam. Cuida logo em vir a ser genro do rei.

23 E os servos de Saul repetiram todas estas coisas aos ouvidos de David. E David respondeu: Acaso parece-vos pouca coisa ser genro do rei? Eu por mim sou um pobre, e humilde.

24 E os servos de Saul lhe referiram isto, dizendo: David deu-nos esta resposta.

25 Disse porém Saul: Falai assim a David: O rei não necessita de dons para os esponsais senão somente de cem prepúcios de Filisteus, para se tomar vingança dos inimigos do rei. Mas Saul intentava entregar a David nas mãos dos Filisteus.

26 E tendo os servos de Saul referido a David as palavras, que dissera Saul, agradou a David a proposição para vir a ser genro do rei.

27 E poucos dias depois saindo David marchou com a gente, que estava debaixo do seu mando. E matou a duzentos Filisteus, e trouxe os prepúcios deles, e os deu por conta ao rei, para vir a ser seu genro. Deu-lhe pois Saul por mulher a sua filha Micol.

28 E viu Saul, e conheceu que o Senhor era com David. Micol porém filha de Saul amava a David.

29 E Saul começou a temer cada vez mais a David; e Saul se fazia maior inimigo de David todos os dias.

30 E saíram os príncipes dos Filisteus à campanha; ao princípio porém da sua saída David se portava com maior prudência do que todos os oficiais de Saul, e o seu nome se fez mui célebre.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir